A migração do PP-1 para o PP-3 ainda gera muitas dúvidas entre os participantes e assistidos da Petros. Em especial, depois que a Petrobrás decidiu prorrogar o prazo de migração para 30 de abril. Esse adiamento pode ser visto como um indicador de que a categoria não está aderindo ao plano na proporção desejada pela Petrobrás.

O evento on-line “Não caia nessa cilada!” acontece nesta sexta-feira (23/04), às 18h e tem como objetivo responder os questionamentos sobre o PP-3. A Live será transmitida pelo canal do Youtube e a página do Facebook da AEPET-BA.

Em março, a Associação encaminhou material detalhado sobre o novo plano aos associados por e-mail, explicando posicionamento contrário à migração para o PP-3.

Lembramos que a migração é individual, voluntária e irreversível. Mesmo sendo de caráter estritamente pessoal, no final, todos os petroleiros: ativos e aposentados e pensionistas vão sair perdendo. Muito mais os aposentados com mais idade que poderão ficar sem dinheiro na sua poupança reserva, em caso de déficit.

Migrar para o PP-3 não resolve os problemas de equacionamento, por isso a orientação é no sentido de continuar no PP-1. Por trás da proposta de migração para o PP-3, está o interesse da Petrobrás em se desvincular e se desobrigar de responsabilidades em eventuais déficits no plano.

A Petrobrás não só reduzirá sua contribuição mensal, entre 11% e 14,9% para 8,5%, como não se responsabilizará em caso de desequilíbrio desse patrimônio no futuro. Nos PPSPs, em caso de desequilíbrio do plano, ela é obrigada a pagar metade do déficit.

Associe-se

Seja um (a) associado (a) da AEPET-BA, a entidade que atua em defesa dos interesses e direitos trabalhistas dos sócios ativos e aposentados do Sistema Petrobrás.

Para se associar, o (a) trabalhador (a) petroleiro (a) da ativa ou aposentado deve ter nível superior em qualquer área do conhecimento.

O valor da mensalidade gira em torno de R$ 68,00 mensais descontado diretamente no contracheque do empregado ou no aviso de pagamento do aposentado.

Junte-se a nós nessa luta pelos seus direitos, pela PETROBRÁS, PETROS e AMS

Assista em nossos Canais:

Youtubehttps://youtu.be/CS9pUqzO2SA

Facebookhttps://web.facebook.com/aepetba/videos/228180922432935