Foi iniciado o período de campanha das chapas que disputam vaga para o Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal da Petros. A votação está prevista para acontecer entre os dias 14 e 28 de junho.

Os petroleiros estão passando por um período difícil, onde a Petros que deveria oferecer tranquilidade financeira aos aposentados e pensionistas virou um fator de instabilidade e dúvidas quanto ao futuro deles. Desde o PED assassino de 2015, não há mais paz e, desde janeiro, os aumentos dos custos dos participantes e assistidos com o plano de saúde AMS vêm aprofundando o empobrecimento da categoria, lamentavelmente com o apoio de entidades que deveriam defender nossos direitos.

Nessa votação, os participantes e assistidos precisam eleger representantes que lutem por criar mecanismos de maior participação dos trabalhadores na administração da gestão do fundo de pensão. É necessário também ter instrumentos de fiscalização claros e transparentes sobre a aplicação dos recursos. Não é mais aceitável que os trabalhadores fiquem de fora das decisões tomadas pela Petros e que impactam a vida de milhares de participantes e assistidos.

O Fórum Baiano em Defesa da Petrobrás, Petros e AMS apoia a Chapa Petros para os (as) petroleiros (as) – Unidade para continuar a lutar por entender que são candidatos engajados em tornar a Petros independente em relação à gestão da empresa e dos governos.

Para o Conselho Deliberativo a chapa 52 formada por Marcos André e Adaedson Costa e para o Conselho Fiscal a chapa 41 Vinícius Camargo e Rafael Prado

O Fórum é integrado pela ASTAPE-BA, AEPET-BA e Abraspet e criou o Comitê Eleitoral Petros, que já está funcionando.

Em todo o país, já manifestaram apoio a Chapa Petros para os (as) petroleiros (as) a FNP e seus sindicatos, FENASPE e suas Filiadas (APAPE – ASTAPE RJ – APASPETRO RN – ASPENE SE – ASPENE AL – ASTAIPE Santos – AAPESP RS – AEXAP RJ) – a AEPET e seus Núcleos Regionais (AEPET BR, AEPET RN, AEPET ES), FNTTAA (Marítimos) e COBAP.

Para evitar futuros déficits e equacionamentos, é preciso ter na Petros uma gestão democrática e transparente. Para lutar por isso, vote na Chapa 52 para o Conselho Deliberativo e 41 para o Conselho Fiscal.

Apoie, participe e compartilhe o material da campanha para eleição da Petros.

Siga a campanha nas redes sociais

Instagram: https://www.instagram.com/petrosparaospetroleiros/

Facebook: https://www.facebook.com/petrosparaospetroleiros

Twitter: https://www.twitter.com/Chapa5241

CONHEÇA OS CANDIDATOS QUE APOIAMOS

Petroleiro desde 2006, contador e advogado formado pela UFBA, membro suplente do Conselho Deliberativo da Petros e presidente da AEPET-BA.

👨🏾 Marcos André é o nosso candidato titular ao Conselho Deliberativo ao lado de Adaedson Costa, com o número 52.

Juntos com os companheiros Vinícius Camargo e Rafael Prado para o Conselho Fiscal, com número 41, formam a chapa PETROS PARA OS PETROLEIROS.

Com experiência e conhecimento, Marcos André vem colaborando na defesa de uma governança na Petros para ativos, aposentados e pensionistas.

💬 Marcos será eleito para o CD para responsabilizar a Petrobrás pelos déficits da Petros que causaram o PED por erros na fiscalização e supervisão.

Tem 47 anos, é Tecnico de Operações da Petrobrás, Advogado e Pós-graduando em Direito e Processo do Trabalho. É também coordenador geral do Sindipetro LP desde 2015, secretário geral da Federação Nacional dos Petroleiros e diretor Juridico do Cepe Clube.

🧔🏽 Adaedson Costa é o nosso candidato suplente ao Conselho Deliberativo ao lado de Marcos André, com o número 52.

Juntos com os companheiros Vinícius Camargo e Rafael Prado para o Conselho Fiscal, com número 41, formam a chapa PETROS PARA OS PETROLEIROS.

Com a experiência de vida, trabalho e luta, Adaedson Costa quer colaborar para aumentar a participação efetiva dos participantes da Petros na gestão e cobrar organização, detalhamento e transparência.

💬 Adaedeon será eleito para o CD para atuar contra implantação PP3, cobrar a participação da Patrocinadora ao Plano e organizar os participantes do PP2 para acompanhamento e fiscalização.

Diretor do Sindipetro-RJ/FNP e Administrador de Empresas na Petrobrás desde 2002, 🧔🏼 Vinícius Camargo é o nosso candidato ao Conselho Fiscal da Petros, junto ao companheiro Rafael Prado (suplente), com o número 41.

Vinícius é formado na Universidade de Brasília(UNB) e pós graduado em Gestão com ênfase em pessoas (PUC-MG) e em Gerenciamento de Projetos (FIA-USP). Já desempenhou as funções de Conselheiro Fiscal e de Administração em pequena instituição financeira, uma Cooperativa de Crédito de Trabalhadores. Trabalhou no RH Corporativo, com Benefícios, e no Gás e Energia, com gerenciamento e fiscalização de empreendimentos.

💬 No CF da Petros, buscará, além da fiscalização ativa, “ajustar os processos de controle, transparência e responsabilização a fim de que os participantes tomem o controle de seu patrimônio, deixando de ficar à mercê das patrocinadoras, seus prepostos e de toda incompetência e má-fé denunciadas/constatadas até então”.

Presidente do Sindipetro-SJC, secretário de comunicação da FNP e Técnico da Petrobrás desde 2007,🧔🏻 Rafael Prado é o nosso candidato suplente ao Conselho Fiscal da Petros, junto ao companheiro Vinícius Camargo (Titular), com o número 41.

Administrador e Advogado pela Universidade Paulista, Rafael tem experiência e compromisso junto à categoria para fazer um mandato no Conselho Fiscal com independência da gestão da empresa e dos governos.

💬 “Precisamos seguir cobrando as dívidas das patrocinadoras com o nosso Fundo de Pensão! Com independência e seriedade!”

📣 Participe desta campanha conosco! Compartilhe!

🗳️ Eleição Petros
Vote 52 – Conselho Deliberativo
Vote 41 – Conselho Fiscal

DEPOIMENTO DE APOIADORES