A votação para as eleições da Petros começou hoje (14/06). Participantes e assistidos de todos os planos da Fundação participam da votação para eleger seus representantes (titular e suplente) para o Conselho Fiscal (CF) e Conselho Deliberativo (CD).

A votação vai até o dia 28 de junho e poderá ser efetivada por meio do site da Petros, pelo aplicativo ou por telefone, através do número 0800 721 8508.

A chapa Petros para os (as) petroleiros (as) – Unidade para Continuar a Lutar números 41/52 defende a independência e autonomia nas decisões da Petros. As representações que integram essas chapas acumulam anos de experiência na defesa dos trabalhadores e aposentados da base Petrobrás e refletem a união em torno dos interesses dos participantes e assistidos em defesa do fundo de pensão para garantir os direitos de todos e a saúde financeira da Petros.

Para o Conselho Fiscal vote 41, o titular é Vinícius Camargo (Sindipetro – RJ/FNP) e suplente Rafael Prado (Sindipetro-SJC/FNP). Para Conselho Deliberativo vote 52, titular Marcos André (AEPET – Bahia) e suplente Adaedson Costa (Sindipetro-LP/FNP).

Conheça os candidatos

Marcos André é petroleiro desde 2006, contador e advogado formado pela UFBA, membro suplente do Conselho Deliberativo da Petros e presidente da AEPET-BA. Com experiência e conhecimento, Marcos André vem colaborando na defesa de uma governança na Petros para ativos, aposentados e pensionistas.

NO CD, Marcos vai buscar responsabilizar a Petrobrás pelos déficits da Petros que causaram o PED por erros na fiscalização e supervisão.

O suplente de Marcos na chapa do Conselho Deliberativo é Adaedson Costa, técnico de operações da Petrobrás, advogado e pós-graduando em Direito e Processo do Trabalho. É também coordenador geral do Sindipetro LP desde 2015, secretário geral da Federação Nacional dos Petroleiros e diretor jurídico do Cepe Clube.

Titular para o Conselho Fiscal, Vinicius Camargo é diretor do Sindipetro-RJ/FNP e administrador de empresas na Petrobrás desde 2002. Vinícius é formado na Universidade de Brasília (UNB) e pós-graduado em Gestão com ênfase em pessoas (PUC-MG) e em Gerenciamento de Projetos (FIA-USP). Já desempenhou as funções de Conselheiro Fiscal e de Administração em uma pequena instituição financeira: a Cooperativa de Crédito de Trabalhadores.

No CF, Vinicius buscará, além da fiscalização ativa, “ajustar os processos de controle, transparência e responsabilização a fim de que os participantes tomem o controle de seu patrimônio, deixando de ficar à mercê das patrocinadoras, seus prepostos e de toda incompetência e má-fé denunciadas/constatadas até então”.

O suplente de Vinicius, no CF, é Rafael Prado, presidente do Sindipetro-SJC, secretário de comunicação da FNP e Técnico da Petrobrás desde 2007. Administrador e advogado pela Universidade Paulista, Rafael tem experiência e compromisso junto à categoria para fazer um mandato no Conselho Fiscal com independência da gestão da empresa e dos governos.

Fórum Baiano em Defesa da Petrobrás

Na Bahia, o Fórum em Defesa da Petrobrás, Petros e AMS, formado pela AEPET-BA, ASTAPE-BA e Abraspet, apoia a Chapa 41/52. Em nível nacional, os apoiadores da Chapa são a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), Federação Nacional dos Aposentados (FENASPE), além da Aepet, Cobap, Apape e suas filiadas.

Veja aqui como votar