A Associação dos Engenheiros da Petrobrás, Núcleo Bahia (AEPET-BA) apoia a campanha “Abrace o CEPE Stella Maris”, lançada recentemente em defesa do Clube dos Empregados da Petrobrás, diante da ameaça de fechamento do local. A Entidade entende que essa é mais uma ação da empresa de ataque aos direitos dos petroleiros.

Em julho deste ano, a Petrobrás notificou a diretoria do Clube a desocupar a área em um prazo de quatro meses. Desde então os diretores vêm tentando marcar audiência com o presidente da empresa, General Silva e Luna, na tentativa de resolver o impasse.

Atletas, professores, sócios e comunidade do bairro de Stella Maris, onde funciona o CEPE Salvador aderiram à campanha. Até os artistas que integram o calendário de eventos do Clube, entre eles o cantor e compositor baiano Nelson Rufino, defendem a permanência do equipamento, importante espaço de cultura e de lazer. “Um palco para a música que abraça, sem distinção, os nossos artistas. Não podemos deixar que isso aconteça”, diz o cantor.

A campanha foi uma das ações definidas em assembleia realizada pela diretoria no dia 30/10 e deve culminar com um grande abraço ao clube como forma de lutar contra a ação da Petrobrás, que pediu a desocupação da área. Também foi definida em assembleia a contratação de um escritório de advocacia para adotar as medidas judiciais contra a empresa.

O equipamento, que ocupa a área desde 1987, já faz parte da história do bairro e é referência em esporte, lazer e entretenimento para as famílias dos empregados da Petrobras, moradores locais e de toda capital baiana.

Para o presidente do Cepe Stella Maris, Dejair Santana, a luta não será das mais fáceis. “Vamos brigar para assegurar o direito dos nossos associados e garantir a permanência do nosso clube, que faz parte não só da história do bairro como também de Salvador. Além de ser um importante equipamento de lazer e entretenimento para os soteropolitanos, um dos maiores clubes do Norte-Nordeste, que conseguiu sobreviver à pandemia, há um sério trabalho de responsabilidade social e ambiental do qual não abrimos mão”, defendeu.

A AEPET-BA também está junto nessa campanha!

A AEPET-BA entende que o clube foi construído com os recursos dos associados e não podem ser despejados para dá lugar a especulação imobiliárias, a tentativa de destruir a Petrobrás na Bahia não deixar nem o clube dos empregados e aposentados.

O clube é antes de tudo um espaço de socialização que evita a depressão, de esporte que promove a saúde. O lazer dos empregados e idosos é antes de tudo promoção da saúde que não podem ser desrespeitadas.

A AEPET-BA ABRAÇA O CEPE CLUBE, ABRACE VOCÊ TAMBÉM E TODOS JUNTOS CONTRA A SAÍDA DA PETROBRÁS DA BAHIA pela retomada de nossa RLAM de todo o patrimônio da Petrobrás roubado por esse desgoverno.

Leia aqui o manifesto divulgado pelo Sindicato dos Clubes da Bahia – Sindiclube-BA em apoio ao CEPE Salvador

Veja o vídeo da campanha