Compartilhe

 

O Fórum em Defesa dos Participantes da Petros informa sobre os avanços do GT / PPE – Grupo de Trabalho Petrobras, Petros e Entidades petroleiras e as informações sobre as suas últimas reuniões.

Como é de conhecimento de todos os participantes e assistidos da Petros, as reuniões do GT/PPE são todas as sextas-feiras, às 15 horas.

Após a nossa 3ª nota, ocorreram duas reuniões, nas quais os representantes da Petrobras apresentaram alguns modelos de planos para debate, que teriam a possibilidade de aprovação nas instâncias e órgãos de controle da Petrobrás e da Petros.

Em seguida, informaram que os estudos e cálculos dos valores dos processos jurídicos, referente a uma provável e ampla transação judicial, ainda não estavam concluídos.

O aporte de recursos dessa ampla transação judicial dependerá também da definição da modelagem de um plano de previdência complementar, a ser definida no âmbito do GT.

Desta forma, a conclusão desses estudos é necessária para o avanço das discussões e a conclusão da proposta que poderá eliminar os equacionamentos do PPSP-R e do PPSP-NR.

Os representantes das entidades, juntamente com suas respectivas assessorias, irão avaliar as propostas apresentadas que assegurem os direitos dos participantes e assistidos dos planos.

Obviamente, os trabalhos do GT não estão no ritmo esperado, ainda mais quando os participantes e assistidos dos PPSPs continuam com graves problemas financeiros decorrentes do pagamento dos PEDs.

Entretanto, como já informamos, as discussões são muito complexas e envolvem valores consideráveis.

Além disso é muito importante elaborar soluções para reduzir ao máximo a possibilidade de novos déficits, que sempre são muito difíceis de prever.

Por isso, as entidades que participam do GT ratificam, em todas as suas reuniões, a importância e a necessidade de garantir a segurança e o caráter previdenciário de um plano com as características de um plano de benefício definido – BD.

E que qualquer proposta elaborada e definida no GT será levada para deliberação da categoria petroleira do Sistema Petrobrás.

Importante lembrar que foram apresentadas muitas informações importantes sobre os trabalhos do GT, no último ato realizado na frente da sede da Petrobrás, no Edisen, em defesa da Petros e por uma solução para eliminar os equacionamentos no PPSP-R e o PPSP-NR.

 

Portanto, a nossa organização será fundamental para o avanço das nossas propostas do GT.

Nesse sentido, no último dia 03/10, aniversário da Petrobrás, houve um grande ato no cento do Rio de Janeiro – RJ, com início na frente da sede da Eletrobrás.

Foi muito importante a participação de todos e todas, petroleiros e petroleiras, participantes e assistidos da Petros nesse grande ato em defesa da nossa soberania.

Por fim, lembramos, mais uma vez, que a única fonte de informação sobre os trabalhos do GT são as entidades que compõe o Fórum em Defesa dos Participantes da Petros e que qualquer outra informação, que não seja divulgada pelos seus dirigentes, não passa de mera especulação, distorção e desinformação (fake news), com o objetivo de prejudicar o andamento e o resultado dos trabalhos do GT.

Vamos caminhar, enquanto categoria organizada e solidária, juntos para a solução que os participantes e assistidos da Petros esperam e precisam!

FÓRUM EM DEFESA DOS PARTICIPANTES DA PETROS

Federação Nacional dos Petroleiros (FNP)

Federação Única dos Petroleiros (FUP)

Associação de Mantenedores-Beneficiários da Petros (Ambep)

Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Aquaviários e Aéreos, na Pesca e nos Portos (Conttmaf)

Federação das Associações de Participantes de Fundos de Pensão, Anistiados, Empregados e Ex-Empregados do Sistema Petrobrás e Petros (Fenaspe).

Saiba mais

Leia aqui a 1ª nota

Leia aqui a 2ª nota

Leia aqui a 3ª nota

 

Fonte: FNP


Compartilhe